Autorizamos a publicaçao do conteúdo dessa página, desde que mantido a fonte e o autor

9 de junho de 2011

Laudos concluem que casal de extrativistas teve morte instantânea

Da Redação
Agência Pará de Notícias

A polícia civil do Pará recebeu na tarde desta quarta-feira (8), no município de Marabá, os laudos relativos à necropsia e ao local das mortes do casal de extrativistas José Cláudio Ribeiro da Silva e Maria do Espírito Santos da Silva, ocorridas no último dia 24 de maio, em Nova Ipixuna, município do sudeste do Estado. Com a conclusão dos laudos, a polícia dá um passo importante para a elucidação dos crimes, informou o delegado geral adjunto da Polícia Civil, Rilmar Firmino de Sousa, que há 16 dias acompanha as investigações da sede da Delegacia de Conflitos Agrários (Deca), em Marabá.

De acordo com o laudo, o casal foi atingido por arma de fogo, uma espingarda, em disparos feitos da esquerda para a direita. O chumbo ou “balim” perfurou órgãos vitais, causando morte imediata. Os laudos integram outras três peças importantes para o esclarecimento das mortes, como o georreferenciamento da área do crime, a perícia técnica no aparelho celular de uma das vítimas e o exame de balística. Estes três últimos ainda não têm prazos para a entrega.

Continue lendo...

Postar um comentário