Autorizamos a publicaçao do conteúdo dessa página, desde que mantido a fonte e o autor

22 de maio de 2013

PRAÇA SEBASTIÃO PEREIRA LIMA (JARDIM NOVO): ATÉ QUE ENFIM UMA NOTÍCIA BOA

Clique para ampliar






Parabéns para Promotora de Justiça de José Bonifácio-SP, Doutora Valéria Andréa Ferreira de Lima pelas providências tomadas relativo ao problema dos quiosques construídos em alvenaria na Praça Sebastião Pereira Lima.

Graças a Deus, ao meu patrono São Francisco de Assis e esta ação da promotora nos trará de volta nossa praça, que sem dúvida é um espaço público que deve ser destinado verdadeiramente ao povo para o lazer sadio das pessoas idosas, jovens e crianças, alem de favorecer o desenvolvimento da fauna presente no local: Pássaros de várias espécies.

Hairton Santiago parabéns pela sua coragem, pois foi o único cidadão que enfrentou esse crime ambiental e social que fizeram com nossa comunidade.

“Essa noticia será reportada aos meus amigos de Porto Alegre do grupo de Ambientalistas da Rua Gonçalo de Carvalho (A Rua Mais Bonita do Mundo) que sempre me apóiam e estimulam sobre questões ambientais.”

Deus abençoe a todos,

PAZ E BEM!

Veja mais publicações sobre a praça nos links:
http://aldeia-mundus777.blogspot.com.br/search/label/JARDIM%20NOVO

http://painel-mundus777.blogspot.com.br/search/label/Jardim%20Novo

http://aldeia-mundus777.blogspot.com.br/search/label/PRA%C3%87A%20SEBASTI%C3%83O%20PEREIRA%20LIMA

*************************************************

FONTE DA NOTÍCIA:Blog Maria Isabel Carusi

A Promotora de Justiça de José Bonifácio, Doutora Valéria Andréa Ferreira de Lima, em manifestação no processo n. 110/2012, que trata de apuração de má gestão de verbas do Governo Federal aplicadas na remodelação da Praça Sebastião Pereira Lima concluiu uma série de situações e pediu providencias a saber:
1) Que a Praça Sebastião Pereira Lima é ponto de encontro de usuários e tráfico de entorpecentes;
2) Que a população de forma em geral é privada de utilizar o espaço público (trabalhadores, famílias) pelo mau uso do local;
3) Que salvo melhor Juízo os Traillers de venda de lanches estão localizados em áreas públicas, impedindo o acesso dos pedestres nas calçadas;
4) Que a concessão de alvarás aos proprietários dos traillers é contrária ao interesse da população pois os espaços públicos não deveriam ter utilização econômica...

Leia mais: Fonte Blog Maria Isabel Carusi



 
Postar um comentário